Slackline, mais do que um esporte, uma brincadeira

A gente já falou aqui várias vezes que o Slackline é um esporte muito completo e que é capaz de trabalhar mente e corpo em apenas alguns minutos de treino. Mas hoje gostaria de falar sobre um lance que eu acho que é a parte mais legal  da prática do Esporte.

Embora seja um esporte individual, quem pratica o slackline nunca está sozinho, onde quer que seja feita a ancoragem sempre vai parar alguém para adimirar a prática ou querendo conhecer mais sobre o esporte.
 
Isso torna o Slackline um esporte social, e o fato de poder ser praticado em centros públicos como praças faz com que o praticante tenha uma relação muito bacana com as pessoas que transitam por ali.
Esta convivência entre as pessoas que está cada vez mais rara nos dias de hoje, e que é tão saudável para nós humanos, torna-se cotidiano para um praticante.
A prática do Slackline permite que a cidade seja aproveitada como deveria, um espaço público, de diversão e interação entre as pessoas. E não apenas lugar para transitar apressado, enquanto se ocupa com as preocupações do dia.
Com a prática do slackline, sem perceber, nos damos ao luxo de voltar a ser crianças, a rua se torna o nosso grande parque de diversão e as pessoas que transitam por elas acabam se tornando amigas.
Não é bacana?!
Orangotango Slackline. Vamos Semear o Equilíbrio.
Viva Slack \o/ sua vida em equilíbrio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *