Entrevista com o campeão internacional Jaan Roose

O que você precisa saber ao comprar seu primeiro kit de slackline
10 de janeiro de 2012
Montando um longline
30 de janeiro de 2012
Veja tudo

Entrevista com o campeão internacional Jaan Roose

Jaan Roose é da Estônia tem 19 anos e é o atual Campeão do concurso “King of Slackline 2011”, promovido pela empresa Gibbon Slackline. Concurso que, por ser realizado em ambiente virtual, permitiu a participação de atletas de diversas nacionalidades.
Em a cada etapa da disputa aumentava-se o nivel de dificuldade das manobras à serem executadas pelos candidatos e após serem concluídas doze etapas da competição,    restaram apenas os atletas atletas: JaanRoose  e o brasileiro Carlos Neto que surpreendeu a todos com sua participação.
No “Round Final”, após muita luta e expectativa, Jaan Roose levou a melhor em cima do brasileiro por ter realizado algumas manobras que Carlos Neto não demonstrou em vídeo.A Orangotango Slackline foi atrás do novo Campeão e em uma pequena entrevista tentou conhecer um pouco mais sobre a vida e a intensidade dos treinos do atleta.

 Orangotango: Jaan Roose, como você conheceu o Slackline?

 Jaan Roose: A primeira vez que eu vi o vídeo no Youtube ISPO 2010,  foi em abril do próprio ano. Fiquei muito interessado e, os meus desejos seguintes foram: “Eu quero essa fita”. Depois, em maio de 2010, teve um evento de Parkour aqui na Estônia e a distribuidora oficial da Gibbon Slackline estava lá e nos apresentou o Slackline. Foi uma experiência inesquecível. Eu aprendi a andar sobre a fita dentro de algumas horas. No final do dia eu e mais um  amigo, quase conseguimos completar um backflip. Por isso, fomos premiados com uma Jibline

Orango: Quais atletas mais lhe inspiram no slackline?
Jaan: Ryan Doyle e Edison Miranda.
Orango:  Você treina todos os dias?
Jaan: Não mais. Eu já treinei muito! No verão eu treinava quase todos os dias. Mas agora eu não tenho tempo livre suficiente para o slackline, porque eu estou estudando na universidade. Agora eu consigo treinar uma ou duas vezes por semana.
Orango: O que você acha do atleta Carlos Neto, (Brasil) que participou com você do “Round Final” e também acha que ele seria um bom competidor no o Word Cup 2012 com você?
Jaan: Eu não sei quanto tempo Carlos pratica o slackline. Ele foi uma surpresa para mim! Eu não esperava que ele fosse chegar tão longe no KoS’11. Eu acho que ele é realmente um atleta talentoso e seria um bom competidor no “WorldCup 2012”, pois tem perfeição em algumas manobras difíceis.
Orango: Você enfrentou algum obstáculo ao começar a praticar?
Jaan: No início, não.  Antes eu já fazia Parkour e Freerunning e isso me ajudou muito no início com o slackline. Agora, eu tenho os verdadeiros obstáculos: a cada dia surgem novas manobras com um nível muito alto de dificuldade e, por serem perigosas, as chances de lesões são muito grandes.
Orango:Você já ganhou alguma competição antes?
Jaan: No ano passado eu fiquei em 2º Lugar no Gibbon Outdoor’11 e em 2º Lugar no King of Slackline 2010.Orango: Quais os benefícios que o Slackline lhe trás?

Jaan: O slackline é um treinamento muito bom para o corpo, e com um equilíbrio impressionante, além da oportunidade de fazer novos amigos ao redor do mundo. Enfim, o Slackline mudou a minha vida!
Orango: Que mensagem você deixaria para os atletas brasileiros?
Jaan: Estou com ciúmes, porque vocês têm um ambiente incrível para o treinamento. Um lugar quente e ensolarado, que permite praticar durante o ano todo. Eu vejo que o slackline ainda vai ser muito popular no Brasil, e isso é bom. Desejo-lhes muita determinação e perseverança, pois tudo é possível. Espero encontrá-los no futuro, e conhecer esse maravilhoso centro de treinamento que são as praias e praças brasileiras. Um feliz 2012 e muito Slackline para vocês!

*Entrevista feita por Felipe Lechitz

Viva Slack \o/ sua vida em equilíbrio!

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *